Conheça hábitos que podem diminuir as chances de câncer de mama

Não há nenhuma maneira infalível de prevenir o câncer de mama, porque alguns fatores de risco não são possíveis de serem controlados. Como, por exemplo, a questão genética. Mas é possível fazer muita coisa para se proteger, pois alguns hábitos podem diminuir até pela metade os riscos de ter a doença.

Evite bebidas alcoólicas – mesmo o consumo moderado de álcool aumenta o risco das mulheres desenvolverem câncer de mama. Segundo estudos, tomar uma dose por dia aumenta o risco de contrair a doença em 5%. Para mulheres que bebem três ou mais doses por dia, o risco aumenta em 50%.

Pratique atividades físicas – se você praticar atividades físicas regulares, seu risco de desenvolver câncer de mama no futuro é menor. O hábito também melhora as chances de sobrevivência após o diagnóstico da doença. Os treinos mais intensos têm efeito mais significativo para reduzir os riscos. Mas se você se exercitar pelo menos três dias por semana por uma hora, já faz diferença.

Mantenha uma dieta balanceada – a alimentação deve ser rica em frutas e vegetais e com pouca gordura. Isso diminui o risco de câncer de maneira geral.

 Evite o sobrepeso – a obesidade está associada com um risco maior de câncer de mama em mulheres que já passaram pela menopausa, por causa dos altos níveis do hormônio estrogênio. As mulheres na pós-menopausa que estão acima do peso adequado podem reduzir seu risco se acertarem as contas com a balança.

Prolongue a amamentação – a mulher que amamenta seus filhos tem um risco menor de ter câncer de mama. Tente dar de mamar pelo maior número de meses possível, pois quanto mais tempo amamentando, menor o risco.

Atenção à terapia hormonal na menopausa – mulheres que tomam medicamentos que combinam estrogênio e progesterona para tratar os sintomas da menopausa têm um risco aumentado de câncer de mama. O risco da doença diminui após o fim desse tratamento.

Um estilo de vida ativo e saudável está associado a um menor risco de câncer de mama e melhores taxas de sobrevivência para quem enfrenta um diagnóstico. Quanto mais cedo você começar a adotar hábitos saudáveis, melhor. Mas nunca é tarde para começar.

 

Conteúdo relacionado no Mulher Consciente

 

Referências

Você também pode gostar